O que o brasileiro pensa?
31 de janeiro de 2019, 14h21

Vélez-Rodrigues recebeu R$ 61 mil e Moro R$ 38 mil de “bolsa” mudança para Brasília

Juntos, os ministros da Educação e da Justiça foram responsáveis por mais de 75% do auxílio requerido ao governo para mudança para a capital federal

Montagem/Agência Brasil

Nota do jornalista Aguirre Talento, no blog Politicando do jornal O Globo, nesta quinta-feira (31) informa que o governo Jair Bolsonaro gastou pelo menos R$ 130 mil com o pagamento de auxílio-mudança e auxílio-moradia para os ministros que moravam fora de Brasília.

Ministro da Educação, Ricardo Vélez-Rodriguez recebeu em dobro, sob a justificativa de que possui dois dependentes, no valor total de R$ 61.869,40. Sérgio Moro, que assumiu o comando do Ministério da Justiça acumulou os R$ 30.934,70 para a mudança com R$ 7,5 mil de auxílio-moradia.

Bento Costa Lima Leite, de Minas e Energia, também recebeu o benefício, no mesmo valor de R$ 30,9 mil. Já Paulo Guedes ganhou R$ 1.496,33 de auxílio-moradia – o valor pago ao ministro da Economia foi proporcional ao período para o qual ele apresentou comprovante de gastos com moradia.

Os benefícios estão previstos em uma lei de 1990 e um decreto de 2001 e são pagos caso o servidor solicite ao governo. A assessoria de Moro afirmou: “É um direito de todo servidor público. Ele se mudou de Curitiba para Brasília e o auxílio mudança é utilizado para trazer a mudança. E não está instalado em um apartamento funcional e, sim, em um apartamento alugado”.

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum