O que o brasileiro pensa?
06 de maio de 2020, 22h19

Vereador bolsonarista reclama de lei contra fake news: “Sufoca a militância”

Dois filhos do presidente Jair Bolsonaro, Carlos e Eduardo, demonstraram preocupação com a notícia

Foto: Reginaldo Ipê

O vereador Alexandre Aleluia (DEM), de Salvador (BA), usou as redes sociais na noite desta quarta-feira (6) para criticar um projeto de lei apresentado pelo governador Rui Costa (PT) que prevê multa para quem divulgar informações falsas sobre a pandemia do coronavírus.

“Rui Costa (PT) enviou um PL p a ALBA criando multa de 5 a 20 mil p ‘combater fake News’. Art. 2, I escancara o objetivo nefasto da lei de sufocar a militância conservadora ao considerar ‘produtor’ de fake News apenas o q n for ‘jornalístico’. Só vale agora o q o povo oficial fala”, escreveu o vereador.

O projeto apresentado (PL./23.864/2020) prevê multas nos valores citados pelo parlamentar para “quem divulgar, por meio impresso, televisivo, de radiodifusão ou eletrônico, informações falsas, sem procedência oficial, sobre epidemias, endemias e pandemias no Estado da Bahia, sem citar a fonte primária”.

O artigo segundo, citado por Aleluia, diz o seguinte: “Art. 2º – Não constituem ilícito administrativo: I – publicações jornalísticas devidamente assinadas por seus redatores em veículos de comunicação físicos ou digitais; II – compartilhamento de opinião pessoal, desde que evidenciado o caráter não-fático, e sim opinativo do texto”.

Não há qualquer menção à militância conservadora no texto, que garante a expressão da opinião pessoal.

Dois filhos do presidente Jair Bolsonaro compartilharam a mensagem de Aleluia. O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) republicou a mensagem, enquanto o deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-RJ) compartilhou agregando o seguinte comentário: “Eles nem escondem a real intenção mais”.

Leia aqui a proposição do governo da Bahia na íntegra.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum