Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
28 de fevereiro de 2019, 09h47

Vídeo de Eduardo Bolsonaro criticando reforma da Previdência volta às redes

“Primeiro é necessário que nós cobremos dos grandes devedores. Enquanto isso não for feito, não haverá moral para que o congresso analise essa proposta”, dizia ele na época

Foto: Reprodução

Em vídeo gravado durante seu mandato como deputado federal, entre 2014 e 2018, e que voltou às redes nesta semana, Eduardo Bolsonaro, filho do presidente Jair Bolsonaro, antecipa seu voto contrário e faz ataque virulento à reforma da Previdência. No vídeo, ele afirma que quem paga a conta da reforma não são os grandes devedores.

“Queria registrar aqui e antecipar o meu voto contrário à reforma da previdência… Primeiro é necessário que nós cobremos dos grandes devedores. Eu não vi esforço do governo para cobrar… Enquanto isso não for feito, não haverá moral para que o congresso analise essa proposta”, inicia Eduardo.

Em seguida, ele afirma que a previdência no Brasil é superavitária: “Ela não dá prejuízo, o problema é que tudo aquilo que é arrecadado para a previdência acaba sendo desvirtuado para ser investido em outras áreas… É um problema, basicamente, de gestão. Soma-se a isso, obviamente, o ralo da corrupção… Mais uma vez confirmo meu voto contrário à reforma da previdência. Até quando, até onde a gente vai botar o trabalhador, o funcionário público principalmente, pra pagar essa conta?”.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum