Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
16 de dezembro de 2019, 12h25

Vídeo: Deputado diz que Witzel forjou conversa de milicianos para ligar Bolsonaro ao assassinato de Marielle

Pastor da Assembleia de Deus Ministério de Madureira e um dos mais ferrenhos defensores de Bolsonaro no Congresso, o deputado Otoni de Paula afirmou que vai denunciar à PGR uma suposta armação de Wilson Witzel que já estaria em poder da TV Globo

Bolsonaro e o deputado Otoni de Paula (Reprodução/Facebook)

Pastor da Assembleia de Deus Ministério de Madureira e um dos mais ferrenhos defensores de Jair Bolsonaro no Congresso, o deputado Otoni de Paula (PSC-RJ) afirmou que vai denunciar à Procuradoria-Geral da República uma suposta armação do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel (PSC), implicando Jair Bolsonaro e seus filhos no assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes.

Segundo Otoni, Witzel teria determinado à Polícia Civil do Rio de Janeiro que fossem forjadas conversas entre milicianos implicando o clã Bolsonaro no crime. A denúncia, segundo ele, será entregue nesta segunda-feira (16) ao procurador-geral, Augusto Aras.

“Estão armando conversas de miliciano. Um miliciano conversa com o outro e a polícia pega esse contato para incriminar a família do presidente, incriminar Flávio, Carlos e o próprio presidente no caso Marielle. Só que na verdade não tem conversa nenhuma. A conversa é montada”, adianta-se o deputado, que já se colocou à disposição do “capitão” para ser candidato a prefeito do Rio.

Otoni de Paula acusa Witzel de “usar o serviço de inteligência da Polícia Civil para montar uma armação contra o presidente Bolsonaro”. “Como você faz isso, Witzel? Em que monstro você se transformou?”, diz, lembrando que o governador do Rio era aliado de Bolsonaro.

Otoni disse no vídeo, divulgado neste sábado (14), que as conversas implicando Bolsonaro foram entregues à TV Globo, que estaria preparando uma reportagem que poderia ser divulgada no Fantástico, o que não aconteceu.

“Podem estar preparando uma matéria para o Jornal Nacional ou até para o Fantástico, igual àquela do porteiro”, afirmou. “Só há um jeito de segurar esses imbecis e desgraçados. É denunciar essa bandidagem! Quem não é covarde compartilha”, complementa.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum