Fórumcast #19
28 de maio de 2018, 15h43

Vídeo: Em protesto em frente ao Palácio do Planalto, motoboys pedem: “Fora Temer”

Aos gritos de “Fora Temer” e com buzinaço, o grupo demonstrou apoio à greve dos caminhoneiros, que chega a seu oitavo dia consecutivo

Foto e Vídeo: Twitter PT na Câmara

Dezenas de motoboys promoveram nesta segunda-feira (28) uma manifestação em um protesto contra Michel Temer, em frente ao Palácio do Planalto. O grupo demonstrou apoio à paralisação dos caminhoneiros, que chega a seu oitavo dia consecutivo, contra a política de reajuste de preços da Petrobras, comandada por Pedro Parente.

O presidente da Petrobras pediu, em carta, que os funcionários da estatal reflitam sobre o fato de que pressões e paralisações pela redução dos preços podem prejudicar os consumidores, a companhia e a sociedade. “Como a Petrobras e a sua força de trabalho podem melhor ajudar o Brasil neste momento? Não acreditamos que seja com paralisações e com pressões para redução de nossos preços. Em nosso entendimento, isso teria justamente o efeito contrário: seria um retrocesso em direção ao aumento do endividamento, prejudicando os consumidores, a própria empresa, e, em última instância, a sociedade brasileira”, diz Parente.

Veja também:  No Twitter Guga Chacra dá invertida em Ricardo Amorim sobre Emirados Árabes

“Assim, neste grave momento da vida nacional, convidamos todos a uma cuidadosa reflexão. Apontamos acima os aspectos que julgamos pertinentes à essa reflexão. E que tomem a sua decisão na direção do que acreditam melhor representar o interesse da sociedade e de nossa empresa”, acrescenta.

“Culpar a Petrobras pelos preços considerados altos nas bombas é ignorar a existência dos outros atores, responsáveis por dois terços do preço da gasolina e metade do preço do diesel. Eles também precisam colaborar com a solução”, completou, se referindo à carga tributária.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum