Fórumcast, o podcast da Fórum
14 de dezembro de 2018, 10h53

VÍDEO: Ex-assessora de Jair Bolsonaro em Brasília atuou como personal de famosos no Rio

Em vídeo, Nathalia Queiroz aparece após treino com a atriz Bruna Marquezine. Ex-assessora também atuou em gabinete de Flávio Bolsonaro na Alerj e é filha do PM que movimentou R$ 1,2 milhão atípicos, segundo o Coaf.

Reprodução / Montagem

Lotada no gabinete do deputado federal – e, agora, presidente eleito – Jair Bolsonaro entre dezembro de 2016 e 15 de outubro de 2018, atuando como assessora parlamentar na Câmara Federal, em Brasília, Nathália Queiroz construiu uma carreira de sucesso como personal trainer de famosos no Rio de Janeiro.

Leia também: Filha de PM acumulava cargo de assessora de Flávio Bolsonaro com emprego em academia e estudo

Filha do PM Fabrício de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro que virou algo do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) por movimentar R$ 1,2 milhão suspeito, Nathália foi nomeada assessora de Jair Bolsonaro após trabalhar por 5 anos com o filho, Flávio, na Alerj.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

Com salário de R$ 10.088,42 pagos pelo gabinete de Jair, Nathalia ainda atuava como personal trainer de famosos, como a atriz Bruna Marquezine, que aparece em vídeo “exausta” após as aulas da ex-assessora dos Bolsonaro, que se identifica como personal trainer Nat Queiroz, em suas redes sociais – apagadas após a repercussão do caso.

A atriz ainda atuou como personal da atriz Giovanna Lancellotti

Questionado sobre a função que a personal trainer cumpria em seu gabinete no último dia 9, Bolsonaro se irritou. “Ah, pelo amor de Deus, pergunta para o chefe de gabinete. Eu tenho 15 funcionários comigo”.

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum