Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
12 de fevereiro de 2020, 15h24

Vídeo: Glauber Braga chama Moro de “capanga da milícia” em audiência da Câmara

Depois de chamar Moro de "juiz ladrão", o deputado volta a enfrentar o ministro ao vivo; assista

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

O deputado federal Glauber Braga (PSOL-RJ) voltou a enfrentar o ministro da Justiça, Sérgio Moro, em audiência na Câmara dos Deputados. O parlamentar questionou o silêncio do ex-juiz federal sobre o elo da família Bolsonaro com as milícias.

“Eu não tenho outra coisa a dizer a não ser chamar o ministro da Justiça, que blinda a família Bolsonaro em relação a esses temas, de capanga da milícia. É isso que ele é”, disparou o parlamentar.

Antes de falar do ministro, Glauber criticou os parlamentares bolsonaristas presentes na sessão. “Vocês ficam inquietos com a minha fala porque querem que a milícia no Brasil não seja devidamente apontada como crime organizado porque ela faz parte da estruturação do projeto de poder dos senhores”, afirmou.

Moro ainda respondeu chamando o parlamentar de “incompetente” e a sessão teve que ser encerrada antes do previsto para não gerar uma confusão maior. A sessão tinha como objetivo debater a PEC 199/19, da Prisão em Segunda Instância, proposta pelo ministro.

“Juiz Ladrão”

Durante audiência da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, em julho do ano passado, com a presença de Sérgio Moro, Braga afirmou que o ministro entraria para história como um juiz ladrão. “O senhor vai entrar para história como um juiz ladrão e corrompido que ganhou uma recompensa para fazer com que a democracia brasileira fosse atingida”, declarou.

A fala veio em meio às revelações das reportagens da Vaza Jato. Braga chegou a ser mandado para o Conselho de Ética por bolsonaristas, mas foi absolvido.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum