Vídeo: jornalista da Globo denuncia ato machista de Pazuello contra governadora Fátima Bezerra

Comentário foi feito por Andréia Sadi, que classificou o ato como "manterrupting"

A jornalista Andréia Sadi, da GloboNews, denunciou nesta segunda-feira (18) um ato machista do ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante o evento simbólico com governadores para o início da vacinação contra a Covid-19 no país.

“Hoje de manhã, ele também teve um tratamento machista com a governadora do Rio Grande do Norte, a Fátima Bezerra. Todos os governadores falaram e, quando chegou na vez dela, ele interrompeu”, disse Sadi no programa “Em Pauta”.

A jornalista utilizou o termo em inglês “manterrupting” para classificar o ato do ministro, que se refere justamente a quando um homem interrompe várias vezes a fala de uma mulher, de maneira desnecessária, não permitindo que ela consiga prosseguir com seu raciocínio e concluir sua frase.

A apresentadora Julia Duailibi, também da GloboNews, fez a mesma crítica a Pazuello. “Destacando a postura do ministro, faltou um pouco de delicadeza, de educação e foi bastante machista com a governadora do Rio Grande do Norte. Ela pedia para ele ‘deixa eu só terminar, só finalizar’, e ele tentanndo cortá-la”, comentou.

Confira:

Avatar de Luisa Fragão

Luisa Fragão

Jornalista.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR