Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de março de 2019, 11h57

VÍDEO: Lula chega ao velório do neto Arthur e é saudado pelo povo

Ex-presidente foi recebido aos gritos de “Lula livre”, “Lula, guerreiro do povo brasileiro”, embora não possa ter contato com ninguém, além dos familiares

Foto: Reprodução/TV Globo Vídeo: Rogério Matuck

Lula está em São Bernardo do Campo (SP), cidade que testemunhou tantas lutas do ex-presidente. Dessa vez, a difícil missão será acompanhar o velório do neto Arthur Araújo Lula da Silva, de sete anos, que morreu nesta sexta-feira (1), vítima de meningite meningocócica.

Escoltado por integrantes da Polícia Federal, o ex-presidente entrou no cemitério pouco depois das 11 horas.

O velório do neto do ex-presidente começou às 22 horas desta sexta (1), no Cemitério Jardim da Colina, em São Bernardo do Campo, e segue ao longo deste sábado. A cremação está prevista para 12 horas.

Lula foi saudado pelo povo, que está do lado de fora, aos gritos de “Lula livre”, “Lula, guerreiro do povo brasileiro”, embora não possa ter contato com ninguém, além dos familiares.

Solidariedade

A ex-presidenta Dilma Rousseff acaba de chegar ao velório do neto do ex-presidente Lula, em São Bernardo do campo.

Foto: Cecília Figueiredo / Brasil de Fato

Além dela, o vereador Edardo Suplicy está no local. “Momento de extrema tristeza. Vim aqui para abraçar o presidente Lula. Ontem ainda escrevi ao presidente Jair Bolsonaro que era fundamental, sagrado, constitucional que pudesse Lula estar aqui presente no velório de seu neto Arthur. Uma pessoa tão querida”, afirmou o amigo e vereador Eduardo Suplicy (PT).

“Conversei com a família, dei os pêsames. Felizmente, dessa vez houve um bom senso da Justiça e da Polícia Federal de permitir que o presidente Lula possa vir se despedir do seu neto”, declarou Guilherme Boulos (PSOL).

Assistam ao vídeo:

Nossa sucursal em Brasília já está em ação. A Fórum é o primeiro veículo a contratar jornalistas a partir de financiamento coletivo. E para continuar o trabalho precisamos do seu apoio. Saiba mais.


Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum