Fórumcast #20
03 de outubro de 2018, 10h17

Vídeo mostra truculência de Bolsonaro na relação com jornalistas e relaciona com a ditadura militar; assista

O vídeo mostra gritos do General Newton Cruz, chefe do Serviço Nacional de Informação (SNI) - órgão de censura do regime militar - e segue com Bolsonaro dizendo a uma jornalista: "você está censurada".

Montagem

Vídeo que circula nas redes sociais faz uma comparação entre o presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) e generais que comandaram a Ditadura Militar no Brasil nas relações com jornalistas.

O vídeo começa com gritos do General Newton Cruz, chefe do Serviço Nacional de Informação (SNI) – órgão de censura do regime militar – e segue com Bolsonaro dizendo a uma jornalista: “você está censurada”.

Em outras cenas, Bolsonaro aparece respondendo com truculência a jornalistas. As imagens são intercaladas com entrevistas da época da ditadura militar, com críticas ao trabalho da imprensa e à democracia.

Ao final, surge a pergunta: “é esse autoritarismo com a imprensaque você quer ver na Presidência da República?”, antes das declarações de Bolsonaro sobre a morte do jornalista Vladimir Herzog, assassinado nos porões da ditadura. “O Herzog, muitos falam, que ele praticou o suicídio”, diz o militar da reserva.

Assista ao vídeo

Veja também:  Dilma: “Haddad foi condenado por um crime que não cometeu. Uma sandice jurídica”

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum