Fórumcast #20
11 de abril de 2019, 11h04

Vídeo: Segurança homem tenta barrar participantes de ato das mulheres contra a Previdência na Câmara

A alegação era de que o espaço já tinha atingido sua lotação máxima, mas parlamentares indicaram pelo menos 20 assentos desocupados. Além disso, acordaram para que homens, incluindo deputados, saíssem do auditório para que mais mulheres pudessem entrar

Mulheres são barradas em ato contra a reforma (Reprodução)

Dezenas de trabalhadoras foram barradas por segurança homem da Câmara Federal em Ato de Mulheres contra a Reforma da Previdência, que acontece na manhã desta quinta-feira (11). A entrada no auditório só foi autorizada após a intervenção de deputadas junto aos agentes.

A alegação era de que o espaço já tinha atingido sua lotação máxima, mas as parlamentares indicaram pelo menos 20 assentos desocupados. Além disso, acordaram para que homens, incluindo deputados, saíssem do auditório para que mais mulheres pudessem entrar.

Do lado de fora, as trabalhadoras gritavam contra o desmonte da previdência e o presidente Jair Bolsonaro (PSL). Idealizado pela Liderança da Minoria na Câmara, o ato reuniu representantes de 25 entidades sindicais e parlamentares do PT, PSB, PDT, PSOL, Rede e até do MDB, PSDB, PP e DEM.

 

Veja também:  Alemanha responde a provocação de Bolsonaro e posta vídeo de florestas e parques

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum