Ouça o Fórumcast, o podcast da Fórum
02 de dezembro de 2019, 09h37

Vídeos demonstram não só uma ação desastrosa, mas criminosa dos policiais de Paraisopolis

“Pelas imagens, os PMs agiram com a intenção de ferir, torturar e matar”, afirma o conselheiro do Condepe, Ariel de Castro Alves

Foto: Reprodução

Por Ariel de Castro Alves*

Ontem antes de analisar as imagens dos vídeos, considerei a ação da polícia desastrosa, porque gerou tumultos e mortes em nome de uma suposta perseguição policial. Mas após ver esses vídeos, considero a ação dos PMs criminosa. Pelas imagens, agiram com a intenção de ferir, torturar e matar.

Os vídeos mostram torturas, abusos de autoridade, agressões e que os jovens foram encurralados pelos policiais. Demonstram que os PMs são os principais responsáveis pela tragédia.

E a perseguição policial alegada pelos PMs para entrarem no baile na comunidade pode ser apenas um álibi, uma tentativa de justificar a ação.

Eles sequer comprovam a citada perseguição policial.

Ainda que tivesse perseguição, esse tipo de ação violenta para dispersar um grande número de adolescentes e jovens em vielas e becos só podia resultar em tragédia. Os PMs envolvidos deveriam estar afastados e presos administrativamente.

*Advogado, conselheiro do Condepe (Conselho Estadual de Direitos Humanos)

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum