Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
04 de fevereiro de 2020, 15h26

Wajngarten contrata militantes bolsonaristas para vagas na Secom

Objetivo é montar um “esquadrão” de apoio a Bolsonaro

Fabio Wajngarten e Bolsonaro (Reprodução)

De acordo com informações da coluna de Guilherme Amado, na revista Época, o chefe da Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom), Fabio Wajngarten, tem pedido currículos de militantes bolsonaristas para vagas na Secom.

Wajngarten quer contratar designers e redatores para montar um “esquadrão” de apoio ao presidente Jair Bolsonaro na agência do governo.

O chefe da Secom não é bem quisto pela turma mais radical das redes bolsonaristas, que é liderada pelo vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

Omissão

Dono da agência de publicidade FW Comunicação, Fábio Wajngarten, ao assumir a Secom, omitiu da Comissão de Ética Pública informações sobre as atividades de sua empresa e os contratos mantidos por ela com TVs, como Record, SBT e Band, e agências de propaganda.

Todos esses clientes de Wajngarten também recebem dinheiro da própria secretaria de Comunicação, além de ministérios e de estatais do governo de Jair Bolsonaro. Ele foi acusado de corrupção ao privilegiar seus clientes com verbas publicitárias do governo federal maiores do que os demais. O ato foi praticado desde que chegou, em abril, ao cargo público.

 


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum