terça-feira, 22 set 2020
Publicidade

Weintraub anuncia que vai assumir cadeira no Banco Mundial na semana que vem

O ex-ministro da Educação, Abraham Weintraub, anunciou através de nas redes sociais, em vídeo publicado nesta terça-feira (28), que vai assumir o cargo de diretor do Banco Mundial já na semana que vem.

“Essa semana já tive algumas reuniões, estou me preparando, e semana que vem começo oficialmente como diretor do Banco Mundial”, disse o ex-ministro.

Weintraub, que fugiu para os Estados Unidos logo após anunciar a sua demissão do Ministério da Educação, também usou o vídeo para falar sobre a sua surpresa em relação às casas de “plástico” do país norte-americano.

“Mesmo o que parece ser madeira, não é madeira. As tábuas das casas são tudo plástico. Não tem metal, não tem madeira”, afirmou.

No vídeo, Weintraub também disse que atuar como ministro é um “sacrifício muito grande” e que, em seu emprego anterior, tinha um salário superior ao do cargo público. Na pasta, ele recebia R$ 30.934 por mês.

O ex-ministro também se queixou sobre os rumores de uma “nova direita” de que se lançaria como candidato a presidente em 2022, no lugar de Jair Bolsonaro.

“Papo de maluco, não existe isso. As chances da gente ocupar o espaço do presidente é nula. Ele tem uma comunicação com o povo fantástica. Estamos com o presidente Jair Bolsonaro desde quando ele era visto como uma pessoa sem chances”, disse. “Não sou desleal e não sou político”, continuou.

Confira:

Luisa Fragão
Luisa Fragão
Jornalista.