Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
29 de janeiro de 2020, 12h33

Weintraub manobra para corrigir erros e funcionários do MEC dizem que resultado do Enem não é 100% confiável

O recálculo da proficiência de itens usados nas provas com erros do Enem pode indicar variações nas notas finais, alterando a lista de aprovados em cursos concorridos

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, e Luciano Hang,o véio da Havan (Foto: Gabriel Jabur/MEC)

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, realizou uma manobra para corrigir rapidamente os erros do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e deixou de realizar um novo cálculo sobre a proficiência dos itens usados nas provas do exame.

Segundo funcionários do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (INEP) e do ministério, ouvidos em condição de anonimato pela Folha, a manobra tira a credibilidade do exame e agora não é possível ter 100% de confiança nos resultados.

O recálculo traria maior segurança para os resultados, mas levaria mais tempo para ser concluído, segundo o jornal. O procedimento poderia indicar variações nas notas finais, alterando, por exemplo, a lista de aprovados em cursos concorridos.

O Inep teria deixado de lado o recálculo para evitar retrabalho na base de dados com receio de novos questionamentos da nota. O entendimento é que isso só será feito caso haja determinação da Justiça.

Notícias relacionadas


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum