Wellington Dias parte para cima de Bolsonaro: “o presidente confunde e engana a população”

Indignado com a postura do presidente, que tenta culpar governadores pelo caos que ele próprio provocou no país durante a pandemia do coronavírus, governador do Piauí diz que "estamos à beira de um colapso nacional na rede hospitalar"

O governador do Piauí, Wellington Dias (PT), foi às redes sociais e partiu para cima de Jair Bolsonaro (Sem Partido), que tem divulgados dados distorcidos sobre repasses do governo federal aos estados durante a pandemia em campanha contra o isolamento social decretado para conter o agravamento das contaminações na segunda onda do coronavírus.

Notícias relacionadas

“O presidente da República confunde e engana a população ao informar dados distorcidos”, afirmou o piauiense, que ressalta que “as transferências constitucionais obrigatórias e os benefícios previdenciários não podem ser vistos ou divulgados como ação extraordinária do governo federal”.

Indignado com a postura do presidente, que tenta culpar governadores pelo caos que ele próprio provocou no país durante a pandemia do coronavírus, Dias diz que “estamos à beira de um colapso nacional na rede hospitalar”.

“Estamos à beira de um colapso nacional na rede hospitalar. Chegamos a 255 mil óbitos no Brasil, mais de mil pessoas morrendo por dia e milhares sofrendo em hospitais lotados. Em que contribui atitudes como esta do presidente?”, indaga.

Flávio Dino
Governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB) foi à rede rebater a informação e disse que “o valor ‘informado’ (R$ 36 bilhões) equivale quase ao DOBRO do orçamento do Estado em 2020”. “Vamos ter que, mais uma vez, entrar na Justiça por essa vergonhosa fake news”, afirmou o maranhense.

Segundo Dino, Bolsonaro faz “contas malucas” para agredir a verdade e atingor os governadores.

“O presidente da República insiste em agredir a verdade para tentar atingir os governadores. Ele está postando contas malucas sobre recursos enviados aos estados, misturando com municípios, recursos de FPE, FPM, auxílio emergencial etc. Em suma, é um irresponsável”, escreveu.

Avatar de Plinio Teodoro

Plinio Teodoro

Jornalista, editor de Política da Fórum, especialista em comunicação e relações humanas.