Fórumcast, o podcast da Fórum
20 de setembro de 2019, 15h00

Witzel diz que Bolsonaro pode estar doente em 2022 e se coloca como candidato à Presidência

O PSL de Bolsonaro, no entanto, discorda dos posicionamentos políticos de Witzel e não está mais na base do seu governo no Rio

Foto: Reprodução

Mesmo após o PSL decidir romper com o governador do Rio de Janeiro, a pedido do senador Flávio Bolsonaro, Wilson Witzel (PSC) afirmou ter vontade de concorrer ao Planalto, em 2022, pelo próprio PSL, legenda de Jair Bolsonaro. O governador não considera, portanto, que o presidente possa querer tentar uma reeleição.

As últimas declarações de Witzel foram essenciais para o rompimento com o partido de Bolsonaro, apesar de ele só ter conseguido se eleger governador após surfar na onda bolsonarista e apresentar uma retórica dura. No entanto, não vai mais poder contar com o apoio do PSL na Assembleia Legislativa (Alerj), o que dificulta ainda mais seu desejo de concorrer pelo partido nas próximas eleições.

Segundo o colunista Cássio Bruno, do Jornal O Dia, Witzel tentou se reunir com Jair Bolsonaro para acertar a situação do abandono, mas parece não ter colhido os frutos pretendidos e viu o partido com maior presença na Câmara deixar de apoiá-lo. Ele teme ainda que Bolsonaro diminua os investimentos no Rio de Janeiro como forma de boicotar seus planos para 2022.

Os integrantes do PSL terão de deixar os postos no governo. Entre eles está a recém-nomeada secretária Major Fabiana, deputada federal pela sigla de Bolsonaro.

Com informações do Valor Econômico.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum