quarta-feira, 28 out 2020
Publicidade

Youtuber se diz arrependido de ter sido eleito deputado: “era mais fácil ficar em Miami”

O youtuber Luis Miranda, eleitor de Jair Bolsonaro, defensor do sonho americano e da liberação do uso de armas no Brasil, apesar de morar em Miami, foi eleito deputado federal pelo DEM do Distrito Federal, com 65 mil votos.

Antes mesmo de tomar posse, no entanto, Miranda diz que está arrependido.

“Se fosse hoje, eu não disputaria, era mais fácil ficar lá, com a vida estabelecida. Eu ganhei honestamente e estão dizendo que dei iPhone para ganhar voto, mas eles próprios mostraram que o ganhador é de Miami. Estão tentando desconstruir minha imagem”, afirma em entrevista à Revista Congresso em Foco.

Fórum precisa ter um jornalista em Brasília em 2019. Será que você pode nos ajudar nisso? Clique aqui e saiba mais

O empresário desembarcou em Brasília quando faltavam 25 dias para a eleição e investiu R$ 435 mil do bolso para bancar a campanha, que custou oficialmente R$ 530 mil. Apostou pesado na contratação de pessoal para se tornar mais conhecido nas ruas.

Miranda tem um canal no YouTube com 741 mil inscritos e uma página no Facebook com quase 3 milhões de seguidores. Morador de Miami desde 2014, ele publica vídeos em que mostra as diferenças entre o Brasil e os Estados Unidos e tenta atrair brasileiros para realizar, assim como ele, o “sonho americano”.

Em uma série de vídeos, o youtuber faz um tutorial para quem quer viver no país – desde dicas para financiar imóveis com juros mais baixos até como empreender em terra estrangeira.

Desde que se candidatou, Luis Miranda virou alvo na internet. Após a eleição recorreu à polícia contra três youtubers que o acusavam de dar golpe em investidores. Ele diz que é vítima de extorsão e que entregou comprovantes de pagamento aos policiais.

Leia mais no Congresso em Foco

Agora que você chegou ao final desse texto e viu a importância da Fórum, que tal apoiar a criação da sucursal de Brasília? Clique aqui e saiba mais

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.