sábado, 19 set 2020
Publicidade

Zé de Abreu manda sif*dê aquelas que xingaram Dilma e agora o atacam por críticas à Regina Duarte

O ator José de Abreu criticou duramente as “Vera Magalhães da vida” que o estão atacando pelas publicações que tem feito sobre a recém nomeada Secretária de Cultura de Jair Bolsonaro, a atriz Regina Duarte.

Leia também: Zé de Abreu para Regina Duarte: “Eu sei o que fizemos na sua casa na Barra da Tijuca”

“As @veramagalhaes da vida criticaram a roupa da Dilma, o sapato da Dilma, mandaram a Dilma tomar no cu ao lado da filha e vem me cobrar? Vão sifudê!”, tuitou.

Zé de Abreu mencionou a jornalista, apresentadora do Roda Viva e colunista do Estadão e da Jovem, que nesta quarta-feira (29) havia escrito: “a esquerda quieta com os tuítes machistas, ofensivos e nojentos do José de Abreu em relação à Regina Duarte”. A jornalista ainda afirmou que não marcou o “finésimo Nilo”, por ele ter bloqueado ela na rede.

PSDB
Em sua conta, Zé de Abreu insinua que quem mandou Dilma tomar no cu no estádio foram mulheres tipo Vera Magalhães.

“Quem começou a mandar a Dilma tomar no kool no estadio? Uma @veramagalhaes da vida. Em SP tá cheio! São casadas com marqueteiros do psdb e arrumam boquinhas no @rodaviva, por exemplo”, tuitou.

Vera Magalhães é casada com Otávio Cabral, ex-editor da revista Veja, que atuou na campanha à Presidência de Aécio Neves em 2014.

“A @veramagalhaes é tosca. Limitada pelos compromi$$os do marido, Otavio Cabral, que foi assessor do bandido @AecioNeves, ladrão, corrupto, viciado, responsável por tudo de ruim que o Brasil vive hoje, desde que não aceitou a derrota para Dilma”, tuitou ainda o ator.

Redação
Redação
Direto da Redação da Revista Fórum.