Imprensa livre e independente
11 de abril de 2017, 18h08

Professores realizam “via-crúcis” em Pernambuco para protestar contra reformas do governo Temer

Manifestantes fixaram uma cruz em cada ponto do caminho percorrido pelas ruas do Recife.

Manifestantes fixaram uma cruz em cada ponto do caminho percorrido pelas ruas do Recife Por Pedro de Paula, colaborador da Rede Fórum de Jornalismo Professores de diversas cidades de Pernambuco realizaram um protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência nesta terça-feira (11). A concentração do ato aconteceu na Praça do Derby, no Recife, a partir das 14h. A manifestação foi organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintepe). A “via-crúcis” teve início às 16h e os participantes fixaram uma cruz em cada ponto do caminho percorrido. Durante o percurso, a população foi conscientizada sobre os problemas vividos pelos profissionais. Um dos temas abordados no protesto foi o piso...

Manifestantes fixaram uma cruz em cada ponto do caminho percorrido pelas ruas do Recife
Por Pedro de Paula, colaborador da Rede Fórum de Jornalismo

Professores de diversas cidades de Pernambuco realizaram um protesto contra as reformas trabalhista e da Previdência nesta terça-feira (11). A concentração do ato aconteceu na Praça do Derby, no Recife, a partir das 14h.

A manifestação foi organizada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação (Sintepe). A “via-crúcis” teve início às 16h e os participantes fixaram uma cruz em cada ponto do caminho percorrido.

Durante o percurso, a população foi conscientizada sobre os problemas vividos
pelos profissionais. Um dos temas abordados no protesto foi o piso nacional do magistério.

Os professores haviam realizado outro ato contra as reformas no dia 17 de março e pediram ajuda aos 25 deputados pernambucanos no Congresso Nacional.

Fotos: Pedro de Paula

Veja também:  Ex-mulher de Bolsonaro, Rogéria assumirá cargo na Assembleia do Rio de Janeiro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum