Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

10 de julho de 2019, 13h45

PSB vai expulsar deputados que votarem a favor da Reforma da Previdência

Diretório Nacional do partido determinou na última segunda a deputados e senadores da sigla que rejeitem o texto aprovado na Comissão Especial e que deve ir a votação no plenário da Câmara nesta quarta-feira (10)

Foto: Humberto Pradera

O PSB (Partido Socialista Brasileiro) pretende expulsar os deputados federais que votarem a favor da Reforma da Previdência. Na segunda-feira (8) o partido fechou questão contra texto da PEC 06/2019, aprovado na Comissão Especial da Câmara dos Deputados, na madrugada de sexta-feira (05).

Uma fonte do diretório nacional do partido confirmou ao blog que essa chance de expulsão é real, mas não será com uma canetada por parte do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira, mas sim por um processo no Conselho de Ética do partido.

O blog também apurou com fontes que preferiram falar em off que segmentos sociais organizados do PSB já se articulam para pedir a expulsão de quem votar favorável à Reforma.

“É imperdoável que um parlamentar socialista vote por uma reforma que é contra a maioria mais pobre do nosso país. Essa reforma faz parte de uma política regressiva que atenta contra os princípios programáticos do PSB”, criticou Carlos Siqueira durante a reunião do Diretório Nacional, na última segunda-feira.

Veja também:  Plano de Weintraub é crime de lesa pátria ao vender patrimônio das universidades federais, diz Daniel Cara

No caso de parlamentares que transgredirem a posição do partido e que forem presidentes estaduais do partido (em comissão provisória, ou seja, não eleitos) serão destituídos, como aconteceu na reforma trabalhista, quando quatro políticos perderam o comando estadual, entre eles, a Tereza Cristina, hoje ministra de Bolsonaro.

A proposta de reforma nas aposentadorias deve ser votada no plenário da Câmara na tarde desta quarta.

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum

#tags