Blog do George Marques

direto do Congresso Nacional

11 de julho de 2019, 17h46

PSOL representa contra “O Pavão” na Procuradoria Geral da República

O motivo da representação é o conteúdo falso e criminoso, agravado pelo fato de ter sido empregado em meio que facilite sua divulgação, como foi na rede social de grande alcance no mundo, compartilhado por milhares de outros usuários

Reprodução/Twitter

A bancada de deputados federais do PSOL protocolou nesta quinta-feira (11) representação na Procuradoria Geral da República (PGR) contra o usuário do Twitter responsável pela conta nomeada “Pavão Misterioso”, cuja real identidade é desconhecida, e que publicou, no último dia 6 de julho, uma série de mensagens com falsa autoria atribuída aos deputados Marcelo Freixo, David Miranda e Paulo Pimenta (PT), que também assina a representação.

O motivo da representação é o conteúdo falso e criminoso, agravado pelo fato de ter sido empregado em meio que facilite sua divulgação, como foi na rede social de grande alcance no mundo, compartilhado por milhares de outros usuários.

O E-Farsas, especialista em investigar boatos que surgem na internet, analisou as principais denúncias feitas pelo Twitter “Pavão Misterioso”, e desmascarou a série de informações falsas e distorcidas divulgadas pelo perfil satírico.

As publicações têm o objetivo de desqualificar a série de reportagens do site jornalístico The Intercept Brasil, jornal Folha de S. Paulo e revista Veja, que tornaram públicas conversas privadas e fora dos autos processuais, do então juiz Sérgio Moro orientando membros do Ministério Público Federal, integrantes da Operação Lava Jato.

Veja também:  Bolsonaro quer criar Black Friday verde e amarela com descontos "patrióticos" no Sete de Setembro

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum