Imprensa livre e independente
12 de dezembro de 2017, 21h46

PT divulga nota sobre julgamento de Lula: “É nosso candidato e será o próximo presidente do Brasil”

“Diante das provas da inocência de Lula, só há uma decisão justa e legal para o caso: a revogação da sentença da primeira instância e a absolvição pelo TRF-4”, escreveu, em nota, a presidenta do Partido dos Trabalhadores após a notícia de que o julgamento do ex-presidente foi marcado para janeiro, configurando a tramitação de processo mais rápida da Lava Jato Por Redação O Partido dos Trabalhadores divulgou, na noite desta terça-feira (11), uma nota oficial em que critica a velocidade com a qual o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) avaliou o recurso apresentado pela defesa de Lula...

“Diante das provas da inocência de Lula, só há uma decisão justa e legal para o caso: a revogação da sentença da primeira instância e a absolvição pelo TRF-4”, escreveu, em nota, a presidenta do Partido dos Trabalhadores após a notícia de que o julgamento do ex-presidente foi marcado para janeiro, configurando a tramitação de processo mais rápida da Lava Jato

Por Redação

O Partido dos Trabalhadores divulgou, na noite desta terça-feira (11), uma nota oficial em que critica a velocidade com a qual o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) avaliou o recurso apresentado pela defesa de Lula com relação à sua condenação em primeira instância. Hoje o tribunal divulgou a data do julgamento: 24 de janeiro. Trata-se da tramitação mais rápida de processo em toda a Lava Jato.

Ajude a Fórum a fazer a cobertura do julgamento do Lula. Clique aqui e saiba mais.

“O processo contra Lula tem sido marcado por várias exceções ao estado de direito: a condução coercitiva, o vazamento de telefonemas com presidente Dilma, a condenação sem provas. Ao marcar o julgamento em prazos tão curtos, o TRF-4 age de forma no mínimo excepcional”, diz a nota assinada pela presidenta nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann (PR).

Veja também:  "Só reforça o que falamos", diz defesa de Lula sobre diretor da Odebrecht coagido pela Lava Jato

No texto, Gleisi ainda alerta para o fato de que o julgamento em janeiro, mesmo se confirmar a sentença de Moro, não o torna automaticamente inelegível, já que “qualquer discussão ou questionamento sobre sua candidatura só se dera após o registro no Tribunal Superior Eleitoral, em agosto”.

“Lula é o nosso candidato e será o próximo presidente do Brasil”, pontua.

O advogado do ex-presidente, Cristiano Zanin, também divulgou nota sobre a divulgação da data do julgamento. “Esperamos que a explicação para essa tramitação recorde seja a facilidade de constatar a nulidade do processo e a inocência de Lula”. escreveu.

Abaixo, confira a íntegra da nota do PT.

Diante da decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região, que marcou em tempo recorde o julgamento da apelação do ex-presidente Lula contra a injusta sentença do juiz Sergio Moro, o PARTIDO DOS TRABALHADORES afirma:

  • Lula é o maior líder político do Brasil. Sua candidatura à Presidência da República pertence ao povo brasileiro e se consolida cada vez mais num país que precisa superar a crise, recuperar a democracia, a geração de empregos e a soberania.
  • O processo contra Lula tem sido marcado por várias exceções ao estado de direito: a condução coercitiva, o vazamento de telefonemas com presidente Dilma, a condenação sem provas. Ao marcar o julgamento em prazos tão curtos, o TRF-4 age de forma no mínimo excepcional.
  • Lula é inocente das acusações que lhe foram imputadas, num processo marcado por arbitrariedades, ilegalidades e cerceamento ao direito de defesa.
  • Diante das provas da inocência de Lula, só há uma decisão justa e legal para o caso: a revogação da sentença da primeira instância e a absolvição pelo TRF-4.
  • Os golpistas e seus aliados investem em saídas artificiais e antidemocráticas para impedir a volta de Lula ao governo. Se têm a expectativa ver Lula inelegível a partir do julgamento da apelação, enganam-se. Qualquer discussão ou questionamento sobre sua candidatura só se dera após o registro no Tribunal Superior Eleitoral, em agosto.
  • Lula é o nosso candidato e será o próximo presidente do Brasil.

Gleisi Hoffmann
Presidente Nacional do Partido dos Trabalhadores

Foto: Ricardo Stuckert

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum