Imprensa livre e independente
28 de maio de 2018, 17h48

PT vai ingressar na Justiça para que Lula possa gravar vídeos políticos na prisão

Presidenta nacional do partido, senadora Gleisi Hoffmann, afirmou que Lula “está na prerrogativa dele”. “Ele é um cidadão e pode se manifestar politicamente”

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula O PT decidiu que ingressará na Justiça para pedir autorização no sentido de que Lula possa gravar vídeos com mensagens políticas, durante o período em que estiver preer preso. O partido deseja divulgar gravações do ex-presidente para reforçar o plano de sua candidatura. A senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, afirmou ao repórter Bruno Boghossian, da Folha de S.Paulo, que Lula “está na prerrogativa dele”. “Ele é um cidadão e pode se manifestar politicamente”. O advogado Eugênio Aragão, que foi ministro da Justiça no governo de Dilma Rousseff e vice-procurador geral eleitoral, fará o pedido nos...

Foto: Ricardo Stuckert/Instituto Lula

O PT decidiu que ingressará na Justiça para pedir autorização no sentido de que Lula possa gravar vídeos com mensagens políticas, durante o período em que estiver preer preso. O partido deseja divulgar gravações do ex-presidente para reforçar o plano de sua candidatura.

A senadora Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do PT, afirmou ao repórter Bruno Boghossian, da Folha de S.Paulo, que Lula “está na prerrogativa dele”. “Ele é um cidadão e pode se manifestar politicamente”. O advogado Eugênio Aragão, que foi ministro da Justiça no governo de Dilma Rousseff e vice-procurador geral eleitoral, fará o pedido nos próximos dias e deve encaminhar uma petição à juíza Carolina Moura Lebbos, responsável pela execução penal do ex-presidente.

“Enquanto ele estiver liberado para ser candidato, como ocorre agora, ele tem direito de se manifestar em igualdade de condições com os outros pré-candidatos. Não pode haver discriminação”, destacou Aragão.

Veja também:  Pimenta confirma uso de mensagens em ação contra Dallagnol: "Transformaram a Lava Jato num grande negócio"

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum