Imprensa livre e independente
24 de março de 2017, 14h27

PUC recebe grande ato em defesa da aposentadoria

O evento acontecerá no teatro da universidade em São Paulo – o Tucarena – e contará com a presença de juristas, jornalistas, economistas, movimentos sociais, artistas e nomes de diferentes áreas, que discutirão os efeitos e as possíveis saídas para a “reforma” da Previdência proposta por Temer. Também será lançado um livro sobre o tema Por Redação O desmonte da aposentadoria e a retirada de direitos através da “reforma” da Previdência que vem sendo articulada pelo presidente Michel Temer e seus aliados será tema de um grande ato público na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) na próxima segunda-feira...

O evento acontecerá no teatro da universidade em São Paulo – o Tucarena – e contará com a presença de juristas, jornalistas, economistas, movimentos sociais, artistas e nomes de diferentes áreas, que discutirão os efeitos e as possíveis saídas para a “reforma” da Previdência proposta por Temer. Também será lançado um livro sobre o tema

Por Redação

O desmonte da aposentadoria e a retirada de direitos através da “reforma” da Previdência que vem sendo articulada pelo presidente Michel Temer e seus aliados será tema de um grande ato público na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) na próxima segunda-feira (27). O evento “Jornada pela Democracia: Em defesa da aposentadoria”, que acontecerá no teatro da universidade – o Tucarena -, tem como objetivo discutir os efeitos e as possíveis saídas para a proposta, que acompanha uma agenda de retrocessos através de outras “reformas” trabalhistas que vêm sendo impostas pelo atual governo.

No ato também ocorrerá o lançamento do livro “O golpe de 2016 e a Reforma da Previdência”, coletânea de artigos publicada pelo Projeto Práxis.

Veja também:  TRF-4 nega pedido da defesa de Lula e mantém Thompson Flores no caso do sítio de Atibaia

Participarão do encontro, que será mediado pelo editor da Fórum, Renato Rovai, nomes importantes de diversas áreas, como juristas, jornalistas, economistas, representantes de movimentos sociais, intelectuais, artistas e estudantes. A entrada é gratuita.

Confira, abaixo, os nomes que já confirmaram presença e o serviço do evento.

Paulo Sérgio Pinheiro (ONU)
Lindbergh Farias (PT/RJ)
Gleisi Hoffmann (PT/PR)
Paulo Teixeira (PT/SP)
Orlando Silva (PCdoB/SP)
Leda Paulani (Economia USP)
Luiz G. Belluzzo (economista)
Clemente Ganz Lúcio (DIEESE)
Eduardo Fagnani (Economia Unicamp)
Guilherme Mello (Economia Unicamp)
Maria Amália (Reitora PUC)
Antonio Carlos Malheiros (Direito PUC)
Vidal Serrano Jr. (Direito PUC)
Pedro E. Serrano (Direito PUC)
Pedro Fassoni Arruda (C. Políticas PUC)
Djamila Ribeiro (Filosofia Unifesp)
Sérgio Mamberti (ator)
Maria Rita Kehl (psicanalista)
Carina Vitral (UNE)
João Paulo Rodrigues (MST e FBP)
Natália Szermeta (MTST e PSM)
Isabel Noronha (Apeoesp)
Rafael Marques (Metalúrgicos do ABC)
Gegê (Central de Movimentos Populares)
Ana Estela Haddad (Odontologia USP)
Nádia Campeão (PCdoB/SP)
Douglas Belchior (Uneafro e PSOL/SP)
Wilson Ramos Filho (Direito UFPR)
Luis Nassif (GGN)
Lucas Afonso — INTERVENÇÃO POÉTICA
Renato Rovai (Revista Fórum) — MEDIAÇÃO
Marilu Cabañas (Rádio Brasil Atual) — MEDIAÇÃO

Veja também:  Centenas de pessoas participaram de ato de denúncia do assassinato de Luiz Ferreira, em SP

Serviço

???? Tucarena — Teatro da PUC-SP. R. Monte Alegre, 1.024, Perdizes – São Paulo
???? 27/03 – segunda-feira
⏰ 18h às 22h

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum