Imprensa livre e independente
03 de abril de 2017, 17h48

“Quem mandou dormir com a porta aberta?”, diz delegada a vítima de tentativa de estupro em SC

Delegada de plantão em Balneário Camboriú (SC) teria constrangido uma vítima de tentativa de estupro. Agressor foi pego em flagrante tentando tocar as partes íntimas da mulher enquanto ela dormia e caso foi registrado como invasão de domicílio Por Redação* Na madrugada desta segunda-feira (3), uma mulher em Balneário Camboriú (SC) sofreu uma tentativa de estupro e o caso foi registrado como invasão de domicílio. De acordo com o comandante da Polícia Militar da região, José Evaldo Hoffmann, os policiais militares que foram acionados para atender a ocorrência acompanharam o registro de boletim de ocorrência e contaram que a vítima foi...

Delegada de plantão em Balneário Camboriú (SC) teria constrangido uma vítima de tentativa de estupro. Agressor foi pego em flagrante tentando tocar as partes íntimas da mulher enquanto ela dormia e caso foi registrado como invasão de domicílio

Por Redação*

Na madrugada desta segunda-feira (3), uma mulher em Balneário Camboriú (SC) sofreu uma tentativa de estupro e o caso foi registrado como invasão de domicílio. De acordo com o comandante da Polícia Militar da região, José Evaldo Hoffmann, os policiais militares que foram acionados para atender a ocorrência acompanharam o registro de boletim de ocorrência e contaram que a vítima foi constrangida pela delegada Daniela Elisa de Souza Bruce, que teria a questionado: “Quem mandou dormir com a porta aberta. Pensas que mora na Suíça?”.

“Os policiais que estavam na ocorrência disseram que ela (a delegada) brigou com a vítima dizendo que a culpa era da senhora, pois tinha deixado a porta aberta. É um constrangimento enorme o que a mulher passou na delegacia”, disse Hoffmann.

Os PMs contaram ainda que a delegada gritou com a vítima, que estava dormindo no momento em que o agressor entrou em seu quarto.

Veja também:  Ministro do Meio Ambiente se esquiva sobre Noronha

De acordo com o relatório dos policiais, a mulher disse que acordou com o homem, Márcio Gleison da Silva, que já tem passagem na polícia por estupro, tocando suas partes íntimas. Seu filho, então, acordou com os gritos e deteve o agressor até a chegada dos agentes.

A delegada em questão foi procurada mas até o momento não se pronunciou sobre o caso. Há expectativas, ainda, de que o crime de tentativa de estupro seja incorporado ao boletim de ocorrência.

*Com informações do Diário Catarinense

 

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum