Imprensa livre e independente
28 de dezembro de 2016, 11h26

Quem nasce para Temer nunca chega a Lula

Em Maceió, Temer afirma que “quer ser reconhecido como o maior presidente nordestino que o Brasil já teve”. Sensacionalista, ao ver a frase no Twitter, nega que esteja administrando a conta do presidente.

Em Maceió, Temer afirma que “quer ser reconhecido como o maior presidente nordestino que o Brasil já teve”. Sensacionalista, ao ver a frase no Twitter, nega que esteja administrando a conta do presidente. Da redação O autodeclarado vice decorativo, Michel Temer, soltou mais uma pérola, em visita à Maceió. “Embora seja de São Paulo, quero ser reconhecido como o maior presidente nordestino que o Brasil já teve”. A bisonha frase, replicada no Twitter de Temer, ganhou até postagem do Sensacionalista, que esclarece não estar administrando a conta do presidente. Michel Temer, com medo de levar vaia em pleno reduto petista,...

Em Maceió, Temer afirma que “quer ser reconhecido como o maior presidente nordestino que o Brasil já teve”. Sensacionalista, ao ver a frase no Twitter, nega que esteja administrando a conta do presidente.

Da redação

O autodeclarado vice decorativo, Michel Temer, soltou mais uma pérola, em visita à Maceió. “Embora seja de São Paulo, quero ser reconhecido como o maior presidente nordestino que o Brasil já teve”. A bisonha frase, replicada no Twitter de Temer, ganhou até postagem do Sensacionalista, que esclarece não estar administrando a conta do presidente.

Michel Temer, com medo de levar vaia em pleno reduto petista, onde o ex-presidente Lula é muito querido, optou por aparecer apenas em eventos pequenos de Pernambuco e encontro fechado em Fortaleza.

Pois é, quem nasce para Temer nunca chega a Lula.

Quer ler mais matérias como essa? Apoie o jornalismo da Fórum e fique ao lado da democracia; seja sócio.

https://www.revistaforum.com.br/socio/

 

Veja também:  Fachin contraria proposta de Gilmar Mendes de liberdade provisória a Lula

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum