Segunda Tela

08 de novembro de 2018, 14h35

#QueroSairDoBrasilPq: hashtag ganha as redes e aponta onda de fuga do país pós-eleição de Bolsonaro

"Nos últimos 30 dias, aumentaram mais de 350% as buscas relativas a como morar no Uruguai e 160% sobre imigração no Canadá."

Deixar o país é o assunto mais comentado no Twitter nesta quinta-feira (8). Com a hashtag #QueroSairDoBrasilPq, internautas contam os motivos que levam ao desejo de mudar. A maioria das postagens refere-se ao Brasil de Bolsonaro.

“Sou mulher, pobre, nordestina e professora tenho que sair daqui antes que a ditadura comece oficialmente no meu país”, escreveu Kassya Sousa.

A busca por informações de como emigrar tem crescido nas redes sociais na última semana. Segundo reportagem da Folha, “a pesquisa por ‘países fáceis para imigrar’ cresceu 70%. Nos últimos 30 dias, aumentaram mais de 350% as buscas relativas a como morar no Uruguai e 160% sobre imigração no Canadá. Nos últimos 90 dias, as buscas por informações sobre a vida em Portugal aumentaram mais de 200%. No caso dos EUA, o aumento foi de mais de 110%”.

O medo das ameaças de Jair Bolsonaro (PSL) a opositores do governo, a professores, homossexuais, pessoas de esquerda, entre outros, de acordo com a matéria tem provocado a vontade de arrumar as malas.

Veja também:  Em lista de feitos do governo do pai, Carlos Bolsonaro cita projetos não implementados

Em junho deste ano, pesquisa do Datafolha mostrou que cerca de 70 milhões de brasileiros (43%) com 16 anos ou mais deixariam o Brasil se pudessem. Entre os que têm de 16 a 24 anos, a porcentagem vai a 62%.

Confira os tuítes de mais repercussão

 

 

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum