Imprensa livre e independente
02 de novembro de 2017, 10h56

Rapper Snoop Dogg provoca polêmica ao colocar Trump no necrotério em capa do novo álbum

Artista havia causado grande comoção no mês de março, ao lançar um vídeo no qual atirava na cabeça de um sósia do presidente dos Estados Unidos.

Artista havia causado grande comoção no mês de março, ao lançar um vídeo no qual atirava na cabeça de um sósia do presidente dos Estados Unidos. Da Redação* Snoop Dogg voltou a provocar polêmica nos Estados Unidos. O rapper colocou o presidente norte-americano Donald Trump no necrotério na capa de seu novo álbum. O disco recebeu o nome de “Make America Crip Again” (“Faça a América Deficiente Outra Vez”, em livre tradução), o qual faz referência ao slogan da campanha de Trump: “Make America Great Again” (“Faça a América Ótima Outra Vez”). A capa é uma reprodução muito semelhante do...

Artista havia causado grande comoção no mês de março, ao lançar um vídeo no qual atirava na cabeça de um sósia do presidente dos Estados Unidos.

Da Redação*

Snoop Dogg voltou a provocar polêmica nos Estados Unidos. O rapper colocou o presidente norte-americano Donald Trump no necrotério na capa de seu novo álbum. O disco recebeu o nome de “Make America Crip Again” (“Faça a América Deficiente Outra Vez”, em livre tradução), o qual faz referência ao slogan da campanha de Trump: “Make America Great Again” (“Faça a América Ótima Outra Vez”).

A capa é uma reprodução muito semelhante do disco “Death Certificate”, lançado em 1991, pelo cantor Ice Cube. Em ambos, os artistas aparecem em pé, dentro de um necrotério, perto de um corpo. Enquanto no disco de Cube o corpo está identificado como “Tio Sam”, na imagem de Dogg aparece uma etiqueta de identificação com o nome Trump.

No último mês de março, Snoop Dogg já havia causado comoção nas fedes sociais, ao lançar o clipe da canção “Lavander”. Ao final, o rapper apontava uma arma e atirava em um palhaço idêntico a Donald Trump, com os mesmos trajes e visual semelhantes aos do presidente norte-americano.

Veja também:  Alcione exige respeito de Bolsonaro com o povo nordestino: "Quem quer respeito, se dá"

*Com informações de Monet/O Globo

Fotos: Divulgação e Reprodução

Você pode fazer o jornalismo da Fórum ser cada vez melhor

A Fórum nunca foi tão lida como atualmente. Ao mesmo tempo nunca publicou tanto conteúdo original e trabalhou com tantos colaboradores e colunistas. Ou seja, nossos recordes mensais de audiência são frutos de um enorme esforço para fazer um jornalismo posicionado a favor dos direitos, da democracia e dos movimentos sociais, mas que não seja panfletário e de baixa qualidade. Prezamos nossa credibilidade. Mesmo com todo esse sucesso não estamos satisfeitos.

Queremos melhorar nossa qualidade editorial e alcançar cada vez mais gente. Para isso precisamos de um número maior de sócios, que é a forma que encontramos para bancar parte do nosso projeto. Sócios já recebem uma newsletter exclusiva todas as manhãs e em julho terão uma área exclusiva.

Fique sócio e faça parte desta caminhada para que ela se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie a Fórum