Invasores da Embaixada da Venezuela carregam bíblia na mochila, diz Paulo Pimenta

São aproximadamente 30 os invasores. Paulo Pimenta está com dores no corpo inteiro por conta das agressões que sofreu no confronto com eles

Acabo de conversar com o deputado federal e líder do PT, Paulo Pimenta. Ele está com dores no corpo inteiro por conta das agressões que sofreu no confronto com os invasores da Embaixada da Venezuela. Mas as dores não foram à toa. Pimenta e os militantes de esquerda que foram defender o território venezuelano no Brasil conseguiram expulsar do local um dos líderes dos invasores.

Pimenta me contou por telefone que o governo brasileiro parece não ter relação direta com o caso, mas disse que o fato de um representante da diplomacia ter ido lá e ter falado para ele e os invasores que desde janeiro o Brasil reconhece Guaidó e não Maduro como presidente da Venezuela só piorou as coisas.

Segundo Pimenta, são aproximadamente 30 os invasores. Todos carregam uma mochila com baterias de celulares reservas e uma bíblia. E enquanto a situação não se resolve, ficam lendo-a.

Entre eles há uns 3 ou 4 líderes que comandam toda a operação. E que conversam com pessoas de fora da Embaixada.

Avatar de Renato Rovai

Renato Rovai

Jornalista, mestre em Comunicação pela ECA/USP e doutor pela UFABC. Mantém o Blog do Rovai. É editor da Fórum.