O que o brasileiro pensa?
31 de julho de 2020, 10h33

Allan dos Santos cria teoria da conspiração envolvendo STF com China e Coreia do Norte para fugir do país

Investigado com um dos principais comandantes da milícia digital bolsonarista, Allan dos Santos criou nova teoria da conspiração para escapar de uma provável prisão. Tese até o momento não ganhou adesão do clã Bolsonaro

Allan dos Santos é um dos investigados pelo STF (Foto: Twitter)

Investigado no inquérito das fake news como um dos principais comandantes da milícia digital que propaga ódio e mentiras pró-Bolsonaro nas redes, Allan dos Santos fez o que sabe de melhor para justificar sua fuga do Brasil: criou uma nova teoria da conspiração.

Leia também: Allan dos Santos anuncia que fugiu do Brasil

Em vídeo – que também tem sua versão em inglês -, o blogueiro bolsonarista diz que uma conspiração envolvendo os ministros Alexandre de Moraes, Luiz Roberto Barroso e Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), com embaixadas da China e da Coreia da Norte em uma trama comunista internacional para caçar a chapa Jair Bolsonaro e general Hamilton Mourão.

“Tô sim colocando minha vida em risco dando essa informação. A única maneira de dar essa informação era fora do país. Hoje, eu estou fora do país, seguro e tô aqui trazendo essa notícia pra vocês. Eles querem cassar o presidente Bolsonaro, estão fazendo escuta telefônica”, disse em uma live da deputada federal Bia Kicis (PSL-DF).

Allan ainda envolveu o advogado Antonio Carlos de Almeida, o Kakay, um dos mais procurados por políticos de todos os partidos em Brasília.

“Se alguma coisa acontecer comigo ou com minha família, só veio dessas pessoas e grupos: a embaixada da China em Brasília, da Coreia do Norte, em Brasília, do [advogado] Kakay, do Partido dos Trabalhadores, do Barroso ou do Alexandre de Moraes, não tem como vir de outra pessoa”, disse.

Nas redes, a repercussão foi imediata e as palavras “gravíssimos”, “Allan dos Santos”, além da hashtag #STFVergonhaMundial, foram levantadas pelos grupos bolsonaristas.

“Fora do Brasil: O Jornalista Oswaldo Eustáquio, impedido de se manifestar pelas suas redes sociais por determinação do STF, por meio de sua assessoria de imprensa, se solidariza com Allan dos Santos, primeiro jornalista brasileiro em autoexílio após a “redemocratização”, escreveu Oswaldo Eustáquio, bolsonarista que foi preso antes de tentar fugir do país.

Rodrigo Constantino também se manifestou, dizendo que Allan dos Santos precisa apresentar provas.

“Allan dos Santos é mais um “patriota” que abandona o país para fugir da justiça. Será que teve ajuda do Itamaraty também?”, escreveu a deputada Erika Kokay, levantando a suspeita de que Allan dos Santos fugiu do país por medo de ser preso.

Até às 10h28 desta sexta-feira (31), Jair Bolsonaro e nenhum de seus filhos se manifestaram sobre o assunto.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum