Anitta manda Bolsonaro cuidar do país “ao invés de se preocupar comigo”; veja vídeo

Cantora manda o presidente trabalhar e cuidar da economia “que está indo pro buraco” ao invés de passar o dia no Twitter e Instagram

A cantora Anitta respondeu mais uma vez ataques do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), que fez deboches a ela e Gabriela Prioli para apoiadores no cercadinho do Palácio do Planalto. Para a cantora, ele deveria cuidar do país ao invés de se preocupar com o que ela fala.

“Mais uma vez o presidente do país preocupado com o que eu faço ou deixo de fazer da minha vida. E por isso o país vai ladeira abaixo. Ao invés de se preocupar com a economia, que o senhor disse que ia salvar, indo para o buraco”, disse a cantora.

Piadas com o povo

Em uma sequência de vídeos do seu stories, Anitta afirma que muitos brasileiros não sabem como funciona a divisão dos três poderes e destacou que o presidente não deveria fazer piadas com a educação recebida pelo brasileiro.

A cantora disse ainda: “nunca votarei em políticos que fazem piada com o brasileiro que não entende sobre política. Um bom político deveria saber que o ensino público brasileiro é uma bosta. Não dá para votar em alguém que brinca com a educação que o brasileiro recebe”.

“Se eu fosse presidente e fosse ruim no que estou fazendo, também faria isso. Pegaria 10 minutos para ficar falando besteira dos outros, chamando a atenção para viralizar e não responderia nada do que preciso fazer”, completou a cantora.

Hitler como parâmetro

Na manhã desta segunda-feira (22), um apoiador citou o ditador da Alemanha nazista Adolf Hitler como exemplo para educação infantil durante conversa com o Bolsonaro, no Palácio da Alvorada.

“A gente via que Hitler trabalhava muito com as crianças. Nosso Ministério da Educação já poderia estar fazendo também um trabalho com as crianças para voltar à conscientização?”, pergunta o apoiador, que não aparece na imagem.

Moral e Cívica

Além de não retrucar o apoiador, Bolspnaro afirmou que gostaria de “uma educação moral e cívica nas escolas” e que não consegue porque há ministérios que são “transatlânticos”.

Publicidade

Na sequência, o presidente lembra, sem citar nomes, uma live de Anitta com Gabriella Prioli:

“Você não consegue… tem ministério que é um transatlântico. Não dá para dar um cavalo de pau. Eu gostaria de imediatamente botar educação moral e cívica, um montão de coisas lá, coisas que são boas. Eu ouvi outro dia, tive o saco de ouvir, uns 10 minutos, duas mulheres… Podiam ser dois homens, mas que não sabiam nada. Elas não sabiam nem o que era Poder Executivo. Coisas absurdas que são comuns”, disse Bolsonaro.

Publicidade

Notícias relacionadas

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR