“Bom é huckismo”: Zé de Abreu ironiza críticas feitas por Huck

Apresentador, apontado como possível candidato à Presidência em 2022, havia publicado mensagem dizendo que “negacionismo e populismo afundam confiança no país”

O ator Zé de Abreu ironizou neste domingo (21) críticas feitas pelo apresentador Luciano Huck a “negacionismo e populismo” que, diz ele, afundam a confiança no Brasil. Ele escreveu, em seu Twitter: “O bom é o Huckismo”.

Apontado como possível candidato à Presidência no próximo ano e disputado por vários partidos, Huck resolveu se pronunciar neste domingo sobre a crise envolvendo a Petrobras. Na publicação, ele escreveu que a “Principal moeda do mercado não é dólar. É confiança”. E afirmou que “negacionismo, populismo e incertezas afundam a confiança no país”.

Depois, tentou passar que sua preocupação é social. “Quem paga esta conta?  Os mais pobres com inflação, desemprego, queda na renda etc.”.

Como Huck é bem visto pelo mercado e pela mídia, suas opiniões sempre ganham repercussão. E foi uma publicação do UOL sobre elas que Zé de Abreu usou para fazer a ironia, em alusão  à possível candidatura do apresentador da TV Globo.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR