sábado, 24 out 2020
Publicidade

Ciro Gomes diz que Bolsonaro esconde tragédia ambiental com descaso e mentiras

Ele lembra que “os desmatamentos da Amazônia e do Pantanal batem recorde e o Ministério do Meio Ambiente não gastou nem 1% da verba disponível para ações de preservação”

O ex-candidato à presidência Ciro Gomes (PDT-CE) fez uma sequência em seu twitter, nesta sexta-feira (18), onde aponta vários descasos do governo do presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ). Para ele, enquanto o presidente “diz que o Brasil está de parabéns pela forma que preserva o meio ambiente, as medidas do seu governo provam o contrário”.

Ciro lembra que “mesmo com o aumento no número de desmatamentos e queimadas, o governo Bolsonaro cortou, em um ano, 58% do orçamento destinado para contratação de profissionais que atuam na prevenção e no controle de incêndios florestais em áreas federais”. 

De acordo com o ex-ministro, “o nosso país vive uma das maiores tragédias ambientais da história e o governo Bolsonaro vai cortar orçamentos do Ibama e do ICMBio para 2021. Especialistas alertam que essas medidas vão comprometer a fiscalização de crimes ambientais e a conservação dos nossos biomas”.

Ciro encerra afirmando que “os desmatamentos da Amazônia e do Pantanal batem recorde e o Ministério do Meio Ambiente não gastou nem 1% da verba disponível para ações de preservação. O governo insiste em esconder a tragédia ambiental com descaso e mentiras. Atitudes criminosas que estão arruinando o Brasil!”.

Julinho Bittencourt
Julinho Bittencourt
Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.