Seja #sóciofórum. Clique aqui e saiba como
17 de janeiro de 2020, 18h03

Colunista que sugere vender órgãos diz que está preocupado com saúde de Alvim

"Sua condição pode se agravar", escreveu Joel Pinheiro em rede social

Reprodução/YouTube

Joel Pinheiro, o economista que acreditava ser uma boa ideia a venda de órgãos de pessoas pobres para que saíssem com “dinheiro no bolso” ao invés de doar, que, para o colunista da Folha, é a mesma coisa que “vender a preço zero”, demonstrou hoje preocupação com a saúde mental do ex-secretário especial de Cultura, Roberto Alvim, exonerado nesta sexta (17) após vídeo bizarro publicado no canal oficial do governo no qual usou frases de Goebbels, ministro da propaganda de Hitler.

 

Joel foi assunto na última quinta-feira (16) quando defendeu argumentos acerca da venda de “órgãos não-vitais” em suas redes depois que um texto antigo foi resgatado da página do Instituto Mises.

O assunto é sério, mas, como (quase) tudo no Twitter Brasil, acabou virando meme.

E  a preocupação de Joel acabou virando piada também.


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum