Decisão de Fachin que anulou condenações de Lula quebra internet: 450 mil menções em uma hora

De acordo com levantamento da consultoria Arquimedes, a pedido da CNN-Brasil, os apoiadores do ex-presidente ocuparam 88% das citações

A decisão do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), que anulou as condenações de Lula, provocou repercussão recorde nas redes sociais.

De acordo com levantamento da consultoria Arquimedes por solicitação da CNN-Brasil, houve 450 mil citações do nome do ex-presidente no período de apenas uma hora. O acumulado de postagens na hora seguinte chegou a 800 mil.

A repercussão só é comparável à saída do ex-juiz Sérgio Moro do Ministério da Justiça do governo de Jair Bolsonaro, em 24 de abril de 2020. Naquele dia, entre 11 e 12 horas, ocorreram 350 mil citações sobre o assunto, de acordo com informações de Iuri Pitta, na CNN.

Maioria arrasadora

Conforme a pesquisa desta segunda (8), na primeira hora, os apoiadores de Lula ocuparam 88% das citações ao ex-presidente. Além de compartilhamentos das notícias sobre a decisão, foram postadas comemorações pela decisão.

Em contrapartida, apoiadores de Jair Bolsonaro representaram apenas 9% das menções sobre Lula, com ataques diretos ao ex-presidente.

Avatar de Lucas Vasques

Lucas Vasques

Jornalista e redator da Revista Fórum.

Você pode estar junto nesta luta.

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR