Eliane Cantanhêde: Bolsonaro elogia a polícia e se cala sobre as suas vítimas

Por conta da frase, a direita levantou a hashtag #CalaABocaCatanhede

A direita acordou revoltada nesta quinta-feira (20) nas redes com a jornalista da Globo, Eliane Cantanhêde. A hashtag #CalaABocaCatanhede amanheceu em primeiro lugar entre os assuntos mais comentados do Twitter após a jornalista afirmar na GloboNews que o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido – RJ) incentiva a violência policial.

O comentário de Cantanhêde era sobre o atentado que sofreu o senador Cid Gomes (PDT-CE), nesta quarta-feira, em Fortaleza. De acordo com ela, “o que todos em Brasília estavam considerando é que, primeiro, Ciro Gomes e seu irmão Cid Gomes fazem política na base da beligerância”.

Cantanhêde acrescentou que, “do outro lado, você tem Bolsonaro empoderando as polícias. Toda hora você vê que tem confronto policial, o presidente elogia a polícia e não dá uma palavra sobre as vítimas da polícia”.

Veja abaixo post de um dos robôs bolsonaristas:

Cid Gomes foi baleado em frente ao quartel de um grupo de policiais militares grevistas, em Sobral (CE). O irmão do ex-candidato à presidência Ciro Gomes subiu em um trator e foi em direção aos PMs, que estavam encapuzados.

“Eu vim aqui defender a paz e a tranquilidade do povo de Sobral. Ninguém será chantageado, ninguém deixará de trabalhar, de abrir suas portas e caminhar com tranquilidade em Sobral”, disse o senador pouco antes de ser baleado.

O tiro seria de bala de borracha, mas ele aparece com sangramentos nas imagens divulgadas. Com um megafone na mão, Cid ainda tentou fazer os PMs saírem do local, mas não foi bem recebido.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Todos os dias Fórum publica de 80 a 100 matérias desde às 6h da manhã até à meia-noite. São 18h de textos inéditos feitos pela equipe de 10 jornalistas da redação e também por mais de três dezenas de colaboradores eventuais.

E ainda temos 3 programas diários no YouTube. O Fórum Café, com Cris Coghi e Plínio Teodoro, o Fórum Onze e Meia, com Dri Delorenzo e este editor, e o Jornal da Fórum, com Cynara Menezes. Além de vários outros programas semanais, como o Fórum Sindical, apresentado pela Maria Frô.

Tudo envolve custos. E é uma luta constante manter este projeto com a seriedade e a qualidade que nos propomos.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar neste ano, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

É fácil. Clique em apoiar e escolha a melhor forma de escolher a Fórum em 2021.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR