Enfermeira que recebeu primeira vacina contra Covid é atacada por bolsonaristas nas redes

Com a hashtag Vachina, (vacina da China), postagens mostram a enfermeira tomando banho de mar no final do ano ao lado de amigas

A enfermeira do Hospital Emílio Ribas Mônica Calazans, 54 anos, primeira pessoa a receber, neste domingo (17), a CoronaVac, imunizante contra o coronavírus, tem sido atacada desde então por bolsonaristas nas redes.

Com a hashtag Vachina, (vacina da China), postagens mostram a enfermeira tomando banho de mar no final do ano ao lado de amigas.

Além da imagem de Mônica na praia, bolsonaristas negacionistas e contrários à vacina postaram vários memes tentando ridicularizar a enfermeira.

Veja abaixo:

Moradora de Itaquera, na zona leste da capital paulista, Mônica trabalha em turnos de 12 horas, em dias alternados, na UTI do Emílio Ribas, hospital de referência para casos graves de Covid-19. O setor tem 60 leitos exclusivos para o atendimento a pacientes com coronavírus, com taxa de ocupação média de 90%. 

Notícias relacionadas

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR