#EuTomoInvermectina: bolsonaristas e robôs levantam tag com nome de medicamento escrito errado

"O gado tá on", ironizou uma internauta ao comentar a tag em defesa da substância sem eficácia comprovada contra a Covid

Apoiadores de Jair Bolsonaro, perfis falsos e robôs invadiram o Twitter, na noite desta terça-feira (13), com a hashtag #EuTomoInvermectina, em referência ao vermífugo defendido pelo presidente no tratamento da Covid-19. A substância, conforme já apontaram especialistas e a Organização Mundial de Saúde (OMS), não tem eficácia contra a doença do coronavírus.

Um detalhe, para além da publicidade de remédio que não traz benefício contra a Covid, chama a atenção: a hashtag traz o nome do medicamento grafado de maneira errada: “invermectina”, ao invés da forma correta, “ivermectina”.

“O gado tá on”, ironizou uma internauta ao comentar a hashtag, em meio a inúmeras outras postagens do tipo.

“O curioso tratamento que todo mundo toma e defende a ponto de colocar no trending topics, mas não sabe escrever o nome direito. Enquanto robôs pagos cacarejam um tratamento que não funciona, o país tem pelo menos 45 mil órfãos pela COVID-19”, escreveu o microbiologista Atila Iamarino.

Já a página Sleeping Giants Brasil, por sua vez, cobrou uma postura do Twitter com relação à hashtag: “Como usuário da plataforma eu gostaria de saber: 1) Como 5k de tuites são feitos com a grafia errada? 2) Porque vocês deixam no ar uma hashtag com fake news sobre a pandemia? 4) Porque a hashtag com desinformação está classificada como política?”.

Confira abaixo a repercussão.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.