Gabriel Monteiro posta vídeo beijando mulher no rosto para “provar que não é gay”

A gravação gerou críticas nas redes sociais e levou o nome do PM youtuber aos assuntos do momento no Twitter

Ao contrário dos habituais vídeos agressivos que tem o costume de disseminar nas redes sociais, o policial militar Gabriel Monteiro publicou um vídeo nesta segunda-feira (20) em que aparece “descontraído” ao ser entrevistado em sua casa. Monteiro perdeu a porte de arma em março e corre o risco de ser expulso da PMERJ.

Segundo ele, uma feminista levou duas amigas para a casa dele para fazer perguntas e a gravação já começa com um deboche, quando o oficial pede que as três troquem um pneu de um carro – sem que fossem utilizar o veículo.

Em dado momento da conversa uma das convidadas pergunta o PM se ele é gay e para “provar” que não é, dá um beijo na bochecha dela. Em seguida, beija a testa dela. “Eu não sou gay, eu sou um cara cavalheiro e não tenho menor problema com pessoas que tem opção sexual com seu próprio gênero”, disse na sequência.

A cena foi criticada nas redes sociais. Tanto pela necessidade de “provar” que ele não seria homossexual quanto pelo método utilizado. O nome do PM foi para os assuntos mais comentados do Twitter.

O humorista Yuri Marçal gravou um vídeo “reagindo”.

Avatar de Redação

Redação

Direto da Redação da Revista Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR