Haddad: “Desemprego em 14,4% e o assunto do Bolsonaro é a cor de um guaraná”

Bolsonaro fez piada homofóbica com a cor do Guaraná em sua primeira visita oficial ao Maranhão

O ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), comentou, em sua conta do Twitter, nesta sexta-feira (30) o comentário homofóbico que o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido-RJ) fez a respeito da cor do Guaraná Jesus.

Para Haddad, o “desemprego em 14,4% e o assunto do Bolsonaro é a cor de um guaraná”.

Bolsonaro fez uma piada homofóbica nesta quinta-feira em São Luís, em sua primeira visita oficial ao Maranhão. Ela aconteceu quando ele tomou um copo de Guaraná Jesus, refrigerante típico maranhense, que é cor-de-rosa.

“Agora eu virei boiola. Igual maranhense, é isso?”, disse o presidente entre risos, a pessoas próximas. “Guaraná cor-de-rosa do Maranhão aí, quem toma esse guaraná aqui vira maranhense”, emendou depois Bolsonaro, mostrando a bebida. Enquanto isso, sua equipe fazia uma transmissão ao vivo em suas redes sociais.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.