Homem branco chama mulher de “macaca”: “Sou racista”; veja vídeo e ajude a identificar

“Eu sou racista porque eu não suporto negro. Eu tenho amigo negro, mas amigo decente, não essa negrada do caralho que é marrento que nem tu”, afirma o sujeito no vídeo

Corre pela internet um vídeo anônimo em que um homem branco não identificado agride uma mulher que não aparece nas imagens com várias injúrias racistas. No vídeo, aparentemente filmado pela mulher, ele ainda chega a ameaça-la de agressão com o chinelo.

“Teu filho é um maldito de um negro desgraçado que é pirracento”, afirma o homem, que é interpelado: “por que você tem tanto ódio de gente morena, hein?” Ele então responde: “porque eu tenho ódio porque eu sou racista, porque eu não suporto negro. Eu tenho amigo negro, mas amigo decente, não essa negrada do caralho que é marrento que nem tu”.

A mulher então pede para não ser agredida. Ele avança para ela com um chinelo na mão e ameaça: “quer ver? Fala de novo, fala de novo sua macaca do caralho. Demônio, desgraçada”, encerra.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR