Internauta lança vaquinha virtual para “comprar o centrão e aprovar o impeachment do Bozo”

Sete pessoas já aderiram à empreitada, que não possui uma meta de arrecadação

O avanço da pauta do impeachment do presidente Jair Bolsonaro tem mobilizado movimentos sociais e as as redes sociais. Enquanto alguns grupos lançam plataformas de medição de quem está a favor ou contra o impedimento, alguns internautas buscam outras formas de tentar viabilizar a questão.

Nesta terça-feira (19) foi lançada na plataforma Vakinha uma “Vaquinha para comprar o Centrão e aprovar o Impeachment do Bozo”. A autora do crownd-funding se identifica como Mariana, ou “Brasileira desiludida”.

“Já que aparentemente o único jeito de salvar o Brasil de um genocida é comprando o centrão para aprovar o impeachment, eu criei essa vaquinha. Se organizar direitinho e os 60% dos brasileiros que desaprovam o governo doarem 1 real a gente já consegue o suficiente pra comprar o centrão não é mesmo?”, escreveu a internauta.

“A gente já sabe que a única coisa que manda nesse país é dinheiro né? Então vamos fazer o nosso!”, completa.

Sete pessoas já embarcaram na empreitada, que tem R$ 250 arrecadados. “Estou contribuindo por mim e por outros 24 brasileiros (25 reais é a contribuição mínima). Assim, mais rapidamente alcançaremos a ‘meta'”, escreveu uma das doadoras.

A empreitada não possui uma meta de arrecadação, mas traz uma como imagem a manchete de uma reportagem do Correio Braziliense que diz que o “Centrão tem R$ 75,8 bilhões do orçamento do governo nas mãos”.

Confira aqui a vaquinha

Avatar de Lucas Rocha

Lucas Rocha

Jornalista da Sucursal do Rio de Janeiro da Fórum.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR