quinta-feira, 29 out 2020
Publicidade

“Invasão”: Boulos faz visita surpresa a jovem do Capão Redondo que o chamou pelo Twitter

Uma usuária do Twitter fez uma postagem em tom de brincadeira, chamando Boulos para conhecer seu bairro, e o líder do MTST topou; "Ela não acreditou..."

O candidato do PSOL à prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, conhecido pelas ocupações que faz junto ao Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), é comumente taxado pela direita, de forma pejorativa, como um “invasor”. Nesta quinta-feira (23), Boulos fez uma “invasão” surpresa na Zona Sul da capital paulista, mas desta vez sua presença foi solicitada pela dona do imóvel.

Na semana passada, uma jovem chamada Karol, moradora do Capão Redondo, fez uma postagem em tom de brincadeira chamando Boulos para conhecer seu bairro, sem esperar que o psolista fosse ver a mensagem e menos ainda que ele fosse responder. O líder do MTST, porém, viu a postagem, perguntou onde a jovem morava e, na manhã desta quarta-feira, foi até a casa dela e tomou café da manhã em sua casa.

“ELE VEIO!”, exclamou Carol com uma foto de Boulos em sua casa, ao que o psolista, depois, repercutiu também pelo Twitter: “E ela não acreditou…”.

Pelo Instagram, Boulos detalhou a história. “Há uma semana, a Karol me mandou uma mensagem no Twitter me chamando pra vir até o bairro dela. Queria que as pessoas me conhecessem e achava que eu não fosse ver a mensagem e aparecer. Pois bem, descobri que ela mora no Capão Redondo, periferia da Zona Sul de SP, perto da minha casa. E hoje vim fazer uma visita surpresa pra Karol”.

Atualmente, Boulos é tido como o candidato mais forte da esquerda na eleição municipal. Pesquisa desta quarta-feira do revista Exame coloca o psolista na terceira colocação, atrás de Bruno Covas (PSDB) e Celso Russomano (Republicanos) que aparecem tecnicamente empatados, com 22% e 21% respectivamente.

Com 11% das intenções de voto, Boulos está numericamente à frente de Márcio França, que tem 10% – empatados dentro da margem de erro, de 3 pontos porcentuais. A pesquisa ouviu 800 eleitores da cidade de São Paulo entre os dias 19 e 22 de setembro. Saiba mais aqui.

Ivan Longo
Ivan Longo
Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.