“JUIZ LADRÃO”: Termo explode nas redes após confirmação do STF de que Moro foi suspeito contra Lula

Internautas têm relembrado da "previsão" feita por Glauber Braga em 2019, quando confrontou Moro na Câmara: "O senhor vai estar nos livros de história como um juiz que se corrompeu, um juiz ladrão"

Na noite desta quinta-feira (22) o termo “JUIZ LADRÃO” explodiu nas redes sociais e foi para o topo dos assuntos mais comentados do Twitter. O motivo é o fato do Supremo Tribunal Federal (STF), mais cedo, ter confirmado em plenário a decisão da Segunda Turma que declarou o ex-juiz Sérgio Moro suspeito por quebra de imparcialidade no processo do triplex do Guarujá contra o ex-presidente Lula.

Entre os argumentos apresentados pela defesa de Lula e referendados pela maioria dos ministros do STF contra Moro, estão, por exemplo, a articulação ilegal feita entre o ex-juiz e procuradores da Lava Jato, a condução coercitiva desnecessária do ex-presidente, a interceptação ilegal de telefonemas do petista, seus familiares e advogados, entre outros abusos para criar uma narrativa que levasse o ex-metalúrgico à cadeia diante da falta de materialidade de provas.

Essa conduta parcial de Moro já vinha sendo denunciada há alguns anos. O deputado federal Glauber Braga (PSOL-SP), durante audiência na Câmara com a presença de Moro, confrontou o ex-juiz e o chamou de “juiz ladrão”.

“A história não absolverá o senhor. Da história, o senhor não pode se esconder. E o senhor vai estar, sim, nos livros de história. Vai estar nos livros de história como um juiz que se corrompeu, como um juiz ladrão. É isso que vai estar nos livros de história”, disparou Braga à época.

A “previsão” do deputado voltou à tona após a decisão desta quinta-feira do STF e, por isso, o termo “juiz ladrão” explodiu nas redes.

Confira.

Moro Suspeito. E agora? STF decide por suspeição do ex-juiz e deixa Lula livre para ser candidato

Confira, no vídeo abaixo, a análise de Dri Delorenzo e Renato Rovai, da Fórum, sobre a decisão do STF que confirmou a parcialidade de Moro contra Lula.

Avatar de Ivan Longo

Ivan Longo

Jornalista e repórter especial da Revista Fórum.