O que o brasileiro pensa?
30 de junho de 2020, 12h01

Mussum entra nos assuntos mais comentados do Twitter após demissão de Renato Aragão

Internautas dizem que ator foi principal responsável pelo sucesso do "Os Trapalhões"

Mussum (Reprodução)

Após a demissão do humorista Renato Aragão da TV Globo, encerrando um contrato de 44 anos, o nome do ator Mussum entrou para os assuntos mais comentados do Twitter nesta terça-feira (30).

Internautas afirmam que Mussum, que atuou junto com Aragão no Os Trapalhões, foi o real responsável pelo sucesso do grupo. O ator morreu em julho de 1994.

“A verdade é que depois do falecimento de Zacarias e Mussum, o Didi fez hora extra na TV. Era engraçado sim, mas sempre foi carregado por eles, assim como o Dedé”, escreveu um perfil sobre a demissão de Renato Aragão.

“Renato Aragão e Dedé Santana surfaram por anos no talento de Mussum e Zacarias. Já era passada a hora do chato do Didi sair da TV. Alguns não estão prontos pra esse assunto”, afirmou outro internauta.

Renato Aragão confirmou para Maurício Stycer que está deixando a rede. Em conversa com a coluna, o ator e humorista reiterou a disposição de seguir em frente: “Para mim, ampliou meus projetos. Você não sabe como eu estou gostando. É uma nova etapa. Não paro nunca, sempre trabalhando. Eu me considero meio máquina, meio humano”, diz.

Assim como ele, outros veteranos com contratos praticamente vitalícios com o canal, como Cid Moreira, Tarcísio Meira, Gloria Menezes também podem ser dispensados em breve. Outros medalhões como Aguinaldo Silva, Vera Fischer, Miguel Falabella, Zeca Camargo e Stênio Garcia já perderam seus contratos com a rede.

Confira outras reações das redes:


Quantas matérias por dia você lê da Fórum?

Você já pensou nisso? Em quantas vezes por dia você lê conteúdos esclarecedores, sérios, comprometidos com os interesses do povo e a soberania do Brasil e que têm a assinatura da Fórum? Pois então, que tal fazer parte do grupo que apoia este projeto? Que tal contribuir pra que ele fique cada vez maior. Bora lá. Apoie já.

Apoie a Fórum