No aniversário de quatro anos da morte de Dona Marisa, Lula relembra diálogos de procuradores

“A dona Marisa morreu por conta do que fizeram com ela e com os filhos dela. Agora, não pense que por causa disso eu vou ficar com meu coração cheio de ódio”, disse Lula

No aniversário de quatro anos da morte de Dona Marisa Letícia, nesta quarta-feira (3), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva repostou, através do Instituto Lula, comentários feitos por ele em 2019 sobre conversas entre procuradores e o ex-juiz Sérgio Moro.

Lula relembra nelas que “foi com extrema indignação, com repulsa mesmo, que tomei conhecimento dos diálogos em que procuradores da Lava Jato referem-se de forma debochada e até desumana às perdas de entes queridos que sofri nos anos recentes”, disse Lula em 2019.

“A dona Marisa morreu por conta do que fizeram com ela e com os filhos dela. Agora, não pense que por causa disso eu vou ficar com meu coração cheio de ódio. Aqui tem muito lugar para amor. O ódio eu vou colocando num cantinho bem escondido”, completa o ex-presidente.

Veja a mensagem completa abaixo:

Há 4 anos perdemos dona Marisa Letícia. Companheira de todas as horas, Marisa sofreu na pele os horrores de uma perseguição injusta e cruel.

As mensagens trocadas entre integrantes da Lava Jato, tornadas públicas recentemente, mostram procuradores da operação desconfiando do real estado de saúde da ex-primeira-dama, ironizando sua morte e debochando do luto vivido por @LulaOficial.

“Foi com extrema indignação, com repulsa mesmo, que tomei conhecimento dos diálogos em que procuradores da Lava Jato referem-se de forma debochada e até desumana às perdas de entes queridos que sofri nos anos recentes”, disse Lula em 2019.

“A dona Marisa morreu por conta do que fizeram com ela e com os filhos dela. Agora, não pense que por causa disso eu vou ficar com meu coração cheio de ódio. Aqui tem muito lugar para amor. O ódio eu vou colocando num cantinho bem escondido.”

DONA MARISA PRESENTE!

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR