No bloco dos “arrependidos”, Amoêdo diz não concordar com voto do NOVO por soltura de Daniel Silveira

Empresário diz que é “decepcionante” que o partido não seja oposição a Bolsonaro, governo de direita como ele e a quem ajudou a eleger

O empresário João Amoêdo, que fundou o partido NOVO e foi candidato à Presidência pela sigla em 2018, apoiou a eleição de Jair Bolsonaro (sem partido) no segundo turno e parece a cada dia parece mais arrependido. E decepcionado. Como se não fosse possível prever o que aconteceria diante do que disse o atual titular do Planalto na campanha.

A última dele o coloca em oposição aos deputados de seu partido, que votaram contra a manutenção da prisão do bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ). Ele foi às redes sociais neste sábado (20) para dizer que discordava dessa posição. E ainda estava “decepcionado” porque seu partido não esteja na oposição a Bolsonaro.  

“Como filiado do NOVO, discordo do voto da bancada que foi contra a manutenção da prisão do deputado bolsonarista”, escreveu ele. 

“É decepcionante, também, que o partido não seja oposição ao desgoverno que temos hoje”, falou o arrependido sobre o governo direitista como ele que ajudou a eleger.  “Não era esse o papel que imaginávamos para o NOVO quando da sua fundação”, termina ele, sem esclarecer qual papel ele pensava que seu partido deveria desempenhar.

Avatar de Fabíola Salani

Fabíola Salani

Graduada em Jornalismo pela Universidade Metodista de São Paulo. Trabalhou por mais de 20 anos na Folha de S. Paulo e no Metro Jornal, cobrindo cidades, economia, mobilidade, meio ambiente e política.

Em 2021, escolha a Fórum.

Fazer jornalismo comprometido com os direitos humanos e uma perspectiva de justiça social exige apoio dos leitores. Porque se depender do mercado e da publicidade oficial de governos liberais esses projetos serão eliminados. Eles têm lado e sabem muito bem quem devem apoiar.

Por isso, neste momento que você está renovando suas escolhas e está pensando em qual site apoiar, que tal escolher a Fórum?

Se fizer isso, além de garantir tranquilidade para o nosso trabalho, você terá descontos de no mínimo 50% nos cursos que já temos em nossa plataforma do Fórum Educação.

Renato Rovai
Editor da Revista Fórum

APOIAR