Nova mamadeira de piroca: Jovem Pan diz que mulher comeu gato em Araraquara

De acordo com a emissora, fato teria ocorrido por conta da fome que se abateu sobre a cidade após lockdown decretado pelo prefeito. Internautas reagiram indignados

A rádio Jovem Pan fez matéria com áudio apócrifo, nesta segunda-feira (21), onde uma mulher afirma, sem citar fontes ou comprovar a veracidade da história, que uma conhecida teria comido o gato da vizinha. O fato, de acordo com a reportagem, teria se dado por conta das medidas de restrição decretadas pelo prefeito Edinho Silva (PT) que, conforme diz a emissora, estão causando fome na população.

Vídeo com trecho da reportagem tem sido espalhado na internet por redes bolsonaristas e provocado indignação entre moradores de Araraquara. De acordo com vários depoimentos, a sensação de caos que a matéria da Jovem Pan pretende criar está longe da verdade que vive a população da cidade.

Nova Mamadeira de Piroca

A matéria tem sido tratada entre internautas como a nova “mamadeira de piroca”, em referência a vídeos publicados durante a campanha eleitoral de 2018, onde governos ligados ao PT teriam distribuido mamadeiras com formato de pênis para as crianças nas escolas públicas.

Matérias relacionadas:

Bolsonaro publica fake news ao estilo “mamadeira de piroca” sobre a OMS e apaga postagem

Wagner Moura afirma: “a mamadeira de piroca ganhou as eleições no Brasil!”

Bolsonaro ataca Edinho Silva por lockdown em Araraquara: “Covardia”

Orlando Silva encontra Boulos e Edinho Silva para “unir a esquerda em SP”

Edinho Silva prepara novo lockdown para frear aumento de casos de Covid em Araraquara

Bolsonaro tenta afrontar Edinho Silva com envio de alimentos para Araraquara e toma invertida nas redes

Lockdown

De acordo com reportagem da Folha de S.Paulo publicada nesta terça-feira, ao menos sete cidades no entorno de Araraquara (a 273 km de São Paulo) decretaram mais medidas restritivas para combater a pandemia de Covid-19.

As regras foram endurecidas em conjunto com o objetivo de ampliar o alcance do lockdown em vigor desde domingo (20), pois o avanço do coronavírus já faz com que a ocupação de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) fique perto do limite na cidade que elas têm como referência para internações de seus pacientes.

Segundo prefeito de Araraquara, Edinho Silva, este “é o último sacrifício que precisamos fazer antes de ter 50% da população vacinada até o fim de julho, segundo o plano de imunização do estado de São Paulo”.

Depois que o prefeito Edinho Silva tomou a iniciativa de decretar lockdown radical, entre fevereiro e março, as mortes provocadas pela Covid-19 despencaram 62% em abril, em relação ao mês anterior.

Medidas efetivas

Além do lockdown radical, Araraquara adotou estratégias diferenciadas para combater a pandemia. Usou um antigo motel como unidade de quarentena, ou seja, para pessoas que não tinham condições de se isolar em casa; uma igreja como extensão da Unidade de Pronto Atendimento (UPA); começou a monitorar o esgoto do município, com o objetivo de descobrir quais regiões têm maior incidência do coronavírus; adotou barreiras sanitárias e deu início ao tratamento de pacientes com plasma contra Covid, em parceria com o Instituto Butantan.

Veja reações dos internautas abaixo:

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR