O recado chegou: Queiroz elogia Bolsonaro nas redes após dizer que foi abandonado

No domingo, o ex-operador da família fez postagem com duras críticas a Bolsonaro e aliados. Após isso, apagou o post e se derramou em elogios ao presidente

O ex-motorista e ex-assessor Fabrício Queiroz, acusado de operar o esquema de “rachadinhas” nos gabinetes da família Bolsonaro, voltou a fazer postagem sobre o presidente Jair Bolsonaro (Sem Partido), desta vez, ao contrário de domingo, se derramando em elogios.

“O melhor presidente de todos os tempos. Que Deus lhe cubra de bênção por toda sua vida”, escreveu Queiroz. Ele resgatou a postagem de 27 de julho 2018, em que havia comentado: “Capitão ouvindo seu subtenente, o nome disso é humildade!”

Postagem do Queiroz

A mensagem publicada por Queiroz no domingo (25) causou burburinho pois, em determinado trecho, ele dizia que a Bolsonaro e outros “amigos” que apareciam com ele em uma foto “faltava caráter” e que sua “metralhadora tá cheia de balas”.

Ele escreveu na legeda da imagem em que aparece com Helio Lopes (hoje deputado pelo PSL-RJ), Max Guilherme Machado de Moura (assessor da Presidência), Fernando Nascimento Pessoa (auxiliar de Flávio Bolsonaro) e Jair Bolsonaro: “É! Faz tempo que eu não existo para esses três papagaios aí! Águas de salsichas, literalmente! Vida que segue?”.

Depois disso, o ex-assessor teria recebido por parte da família Bolsonaro resposta que tanto o reprendia por expor o presidente quanto prometia a concessão de algum benefício. Nesta segunda-feira, Queiroz apagou as postagens que havia feito no Facebook em que cobrava solidariedade do clã e aliados.

Mesmo com os elogios, fontes do Planalto revelam que Bolsonaro também não gostou da nova publicação feita pelo ex-assessor, já que reforça publicamente a ligação da família com o homem que é o personagem central de um esquema investigado por apropriação do salário de servidores da Assembleia Legislativa do Rio.

Avatar de Julinho Bittencourt

Julinho Bittencourt

Jornalista, editor de Cultura da Fórum, cantor, compositor e violeiro com vários discos gravados, torcedor do Peixe, autor de peças e trilhas de teatro, ateu e devoto de São Gonçalo - o santo violeiro.

Você pode estar junto nesta luta

Fórum é um dos meios de comunicação mais importantes da história da mídia alternativa brasileira e latino-americana. Fazemos jornalismo há 20 anos com compromisso social. Nascemos no Fórum Social Mundial de 2001. Somos parte da resistência contra o neoliberalismo. Você pode fazer parte desta história apoiando nosso jornalismo.

APOIAR